sábado, 9 de agosto de 2014

Sempre o dinheiro

Já o disse muitas vezes não sou apologista nem desejo (para já, porque nunca se diz nunca!) uma vida frugal e sem o mínimo de comodidade e até uns luxos de quando em vez: uma viagem, uma ida a um bom restaurante, um artigo de marca, uma ida a um SPA, entre outras coisas boas! Mas cada vez mais me convenço que o dinheiro nada é, e a dependência que temos dele só nos prejudica e desfoca-nos do essencial (o tal que é invisível aos olhos). Trabalhamos para pagar contas e para termos coisas, quero afastar-me cada vez mais desse registo, quero poder trabalhar porque gosto e porque quero, quero poder chegar ao final do mês sem contar trocos, sem ter tantas responsabilidades financeiras, como pagar prestações. Não sei como se faz (ainda não sei), como se consegue essa tranquilidade sem ser escravo do dinheiro, mas sei que quero e que vou focar-me cada vez mais nas minhas pessoas, nos que estão e estarão sempre do nosso lado.

Partilho este trecho do livro Os 10 Hábitos das Mães Felizes da Meg Meeker

"O dinheiro proporciona uma segurança muito limitada, se é que alguma. O problema é que o dinheiro pode desaparecer tão depressa quanto veio e quem conta com ele para ter segurança mais tarde ou mais cedo ficará desiludido. Por isso, não conte com ele.
Confie nas coisas reais - em si e naqueles que ama. A verdadeira segurança vem das relações sólidas com pessoas que nunca o abandonarão. Se a economia está em alta, estarão consigo, quando a bolsa cai a pique, mesmo assim ficam consigo, a ajudá-la com tudo aquilo que a vida lhe reserve. A maioria sabe racionalmente, que o tamanho da conta bancária não dá segurança, mas agimos como se assim fosse. Porque é um hábito muito enraizado.
Por isso, acabe com este mau hábito. Lance a si mesma o desafio de se concentrar nas boas relações que tem na sua vida e oriente a sua energia para aqueles que ama. Fortaleça essas relações e não se arrependerá."

Enviar um comentário

Instagram

TODAS AS IMAGENS E CONTEÚDOS DESTE BLOG SÃO PROPRIEDADE DE CLÁUDIA GONÇALVES GANHÃO.
NÃO É PERMITIDO COPIAR OU UTILIZAR QUAISQUER CONTEÚDOS DESTE BLOG
PARA QUALQUER FINALIDADE SEM AUTORIZAÇÃO DA MESMA.
© Sunny November. Design by Fearne.