quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Parenthood | Férias sem os Pais

É habitual nas chamadas férias grandes de Verão os meus filhos de 5 e 3 anos irem de férias sem os Pais. Os amigos e conhecidos perguntam-nos como somos capazes de estar tanto tempo sem eles e como conseguimos estar tranquilos.
Agosto 2015


A realidade é que custa muito, a saudade é imensa, embora hoje em dia as vídeo chamadas e outras aplicações ajudam a ir controlando a saudade e a falta deles. E há sempre aquela sensação de se estar a perder momentos importantes do crescimento e da vida deles.
Mas podem os Pais ser egoístas ao ponto de os manter na escola ou em ATL's quase todo o Verão só para os ter mais perto de si? A nossa opinião é não! Já basta todo o tempo que passam na escola durante o ano lectivo, com horários, obrigações e rotinas. Chegados ao Verão e havendo pessoas de confiança que possam e queiram proporcionar-lhes férias e momentos enriquecedores há que ter coragem, soltar as amarras do coração, confiar e deixá-los ir... para aproveitar, conhecer, experimentar, desfrutar, enriquecer, descobrir, rir, fazer amigos, alargar horizontes e ser simplesmente crianças, felizes, sem obrigações, horários e afins! 
E depois não são só os filhos que ficam a ganhar, os Pais também têm a ganhar: tempo para conversar, para namorar e para fazer programas de crescidos, para cuidar de cada um individualmente, para cuidar da relação, para pensar, para se dedicar aos hobbies e tudo isto inserido na rotina profissional é sem dúvida muito bom, pois são momentos raros.
Ah, e não os Amamos menos por isso, o amor de mãe & pai é incondicional estejam onde estiveram. E o que pode correr menos bem se estamos a fazer o melhor pelos nossos filhos?
Beijinhos

Enviar um comentário

Instagram

TODAS AS IMAGENS E CONTEÚDOS DESTE BLOG SÃO PROPRIEDADE DE CLÁUDIA GONÇALVES GANHÃO.
NÃO É PERMITIDO COPIAR OU UTILIZAR QUAISQUER CONTEÚDOS DESTE BLOG
PARA QUALQUER FINALIDADE SEM AUTORIZAÇÃO DA MESMA.
© Sunny November. Design by Fearne.