quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Livro | Fechada para o Inverno

Foi o primeiro livro que li deste autor norueguês, Jorn Lier Horst, considerado um dos principais escritores de policiais da Noruega. Este livro é o sétimo título da série policial que tem William Wisting como protagonista, mas o primeiro da série a ser publicado em Portugal.
O livro começa com uma nota introdutória à edição portuguesa que enquadra o leitor nas personagens e nos conta parte da sua história para que mais facilmente enquadremos este sétimo livro da série.
Em termos globais gostei do livro, bem escrito, de fácil leitura, com personagens simpáticas e cativantes, leva-nos aos meandros do crime organizado. Nalgumas partes achei um pouco parado mas nunca perdi vontade de seguir com a leitura. 
Um autor a trazer debaixo de olho, vamos aguardar a edição portuguesa dos outros livros da série.

Sinopse
A densa névoa outonal paira sobre a costa norueguesa. Antes de a fechar para o inverno, Ove Bakkerud pretende desfrutar de um último fim de semana na sua casa de férias. No entanto, à chegada, depara-se com o caos após um assalto. E na casa vizinha um homem foi espancado até à morte… O detetive William Wisting já viu homicídios grotescos no passado. Contudo, é a primeira vez que constata um desespero como o que, neste outono, testemunha em Stavern. Como se alguém tivesse tudo a ganhar e quase nada a perder. Por isso, não fica muito satisfeito quando a filha se muda para uma casa junto à boca do fiorde. A sua preocupação aumenta à medida que vão aparecendo cadáveres gravemente mutilados nos recifes. E do céu começam a cair pássaros mortos…


Fechada para o Inverno | Jorn Lier Horst | Edição Julho 2016 | Publicações Dom Quixote 

2 comentários

  1. A Noruega é um país lindíssimo. Quando visitei esse país pensei que para os noruegueses é normal o ambiente sombrio, pois têm muita natureza e o clima é propício. Agora ao ler esta partilha, voltei a associar esse ambiente à escrita de policiais... faz muito sentido... o suspense... a névoa... para nós, portugueses, onde o sol é intenso e as paisagens são campos a perderem-se no horizonte... parece que nao há espaço para esse tipo de ambiente. Sinto que não estou a conseguir passar aquilo que está a "saltitar" na minha cabeça... deve ser o cansaço. Bem, votos de boa leitura.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá!
      Com muita pena minha não conheço a Noruega. O livro tem toda essa mística norueguesa que fala!!
      E o nosso país é maravilhoso, temos tantos dias de sol que temos de agardecer!
      Bjs ;)

      Eliminar

Instagram

TODAS AS IMAGENS E CONTEÚDOS DESTE BLOG SÃO PROPRIEDADE DE CLÁUDIA GONÇALVES GANHÃO.
NÃO É PERMITIDO COPIAR OU UTILIZAR QUAISQUER CONTEÚDOS DESTE BLOG
PARA QUALQUER FINALIDADE SEM AUTORIZAÇÃO DA MESMA.
© Sunny November. Design by Fearne.