sábado, 22 de outubro de 2016

Slow down girl, slow down!

Passo a vida a correr, ou de um lado para o outro, ou de tarefa em tarefa e há dias em que só abrando quando me deito já bem perto da meia-noite e leio um pouco. 

Ter uma profissão a tempo inteiro que me obriga a deslocações pelo país e ilhas, ser mãe de duas crianças tão pequenas que são exigentes e que querem brincar e estar com a mãe, ser ainda dona de casa e ter de cozinhar e gerir a casa, as roupas, a limpeza, etc. e ainda ser Blogger em part time, e para além de escrever quase diariamente, há emails para responder, há contactos  a fazer, há eventos, há o ter que gerir as redes sociais associadas ao Blog, e como é óbvio não me sobra muito tempo e depois esse tempo de sobra é ainda ocupado com idas ao ginásio pelo menos 2x por semana e as minhas leituras... 
Enfim já podem perceber que ando sempre a mil e por vezes o cansaço é tanto que nem consigo descansar!! E a verdade é que me questiono muitas vezes sobre se é isto que quero para a minha vida, simplesmente correr de um lado para o outro? 
Tento diariamente diminuir o ritmo nem que seja por uns breves instantes, mas a realidade é que a maioria das vezes entro no esquema da correria e esqueço-me desses conceito e de mim...

Mas na vida estamos sempre a aprender e na semana passada graças a um evento da Vichy Portugal para apresentar o  novo creme de rosto Slow Âge (o primeiro creme que corrige os sinais de envelhecimento em formação), tive ali um clique e que me fez pensar na minha vida, esse clique foi dado ao ouvir os discursos das várias intervenientes e ao dar de caras com o Slow Movement.

E o que é o Slow Movement?
É uma corrente mundial e contemporânea assente numa filosofia de vida que desafia a cultura da velocidade, do excesso e da quantidade sobre a qualidade. No mundo actual, frenético da pressa e da sobrecarga, essa filosofia defende que tentemos viver no ritmo certo, privilegiando a qualidade, o equilíbrio e o bem - estar nas diferentes áreas da vida. (Mais info aqui)
E porquê falar do Slow Movement ao apresentar um creme de cuidados para o rosto?
Porque o Slow Âge é o primeiro creme que corrige os sinais de envelhecimento em formação e permita que a pele envelheça o mais lentamente possível. A nossa pele é diariamente sujeita a diversas agressões: poluição, raios UV, stress, má alimentação, desidratação, o ritmo desenfreado a que vivemos faz envelhecer mais rapidamente a pele e o Slow Age vai actuar exactamente aqui corrigindo os sinais de envelhecimento. Além disso a Vichy preconiza um estilo de vida mais Slow para que possamos ser jovens durante mais tempo.

E sobre o evento
Realizou-se nos estúdios do Programa A Tarde é Sua da TVI e a anfitriã foi a magnífica Fátima Lopes, que conduziu o evento com se se tratasse do seu Talk Show. A conversa decorreu com um painel de convidadas que nos falaram de envelhecimento e da importância da nutrição, do meio ambiente, desmistificaram algumas questões relativamente à genética, etc e as minhas principais conclusões:
- Abrandar o ritmo
- Fazer mais do que me faz feliz
- Priorizar-me na minha vida
- Ter uma boa alimentação,equilibrada, saudável
- Viver num ambiente calmo, feliz
- Fazer exercício físico
- Cuidar do corpo e da mente
- Viver o presente, o agora

E isto não é só válido para mim é para todas nós. A realidade é que não conseguimos parar o tempo, mas queremos viver durante muito tempo, então que seja uma velhice boa, activa, saudável e feliz! Está nas nossas mãos! 

E algumas das fotos do evento:

Enviar um comentário

Instagram

TODAS AS IMAGENS E CONTEÚDOS DESTE BLOG SÃO PROPRIEDADE DE CLÁUDIA GONÇALVES GANHÃO.
NÃO É PERMITIDO COPIAR OU UTILIZAR QUAISQUER CONTEÚDOS DESTE BLOG
PARA QUALQUER FINALIDADE SEM AUTORIZAÇÃO DA MESMA.
© Sunny November. Design by Fearne.