terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Ensinar os filhos a serem irmãos

Foto Marisa Martins Fotografia | L's vestem BauMilha
A relação dos irmãos como todas as relações tem de ser trabalhada, alimentada e enquanto eles são pequenos uma responsabilidade da família, cabe aos Pais a tarefa de Ensinar os filhos a serem irmãos.
Sou filha única, e de cada vez que comento com alguém que gostava muito de ter tido irmãos, que é um amor que nunca vou conhecer, muitas vezes ouço do outro lado que às vezes é melhor não ter irmãos. Que há irmãos que se dão mal, que mal se falam, que não se apoiam, que vivem como inimigos sobre o mesmo tecto e confesso que fico triste por ser assim.

Tenho dois filhos e quero que eles sejam verdadeiramente irmãos, não quero que eles se enquadrem no que muita gente me relata. Para mim filha única, ter irmãos é uma benção, uma oportunidade para amar mais, para partilhar aventuras, histórias, sonhos, de conhecer um grande amor, único e especial!

Para mim mãe de dois, quero transmitir-lhes a alegria, a fabulosa oportunidade de partilhar a vida, a história e o amor com um irmão. Quero uni-los para sempre pelo fio invisível, forte e indestrutível, o fio do amor fraterno. A relação dos irmãos como todas as relações tem de ser trabalhada e alimentada e enquanto eles são pequenos uma responsabilidade dos pais. 

Claro que há e vai haver sempre brigas, zangas, desentendimentos, ciúme, competição, mas com conta, peso e medida. Vou ensina-los a amarem-se, a respeitarem as suas diferenças, a conversar nas divergências, a partilhar, a serem unidos, a rirem dos seus erros, a amarem-se tal e qual como são, a sentirem-se confortáveis no silêncio partilhado, a serem condescendentes um com o outro, a brincarem juntos, a não esconder um do outro as suas fraquezas, a pedir ajuda, a elogiarem-se, a dar beijinho de bom dia e boa noite, a dizer que se amam, a não terem vergonha um do outro, a festejar as vitórias do outro, a apoiarem-se mutuamente, a estarem sempre lá para o outro. 
Vou ensina-los a serem irmãos, vou dar-lhes todas as bases para uma relação saudável, estável, uma relação de amor incondicional, porque ter irmão só pode ser a uma benção. 

Eles vão crescer, vão seguir a sua vida, os seus caminhos até podem não se cruzar muitas vezes, mas saberão sempre que o mano ou a mana estará sempre ao seu lado, no lado certo do peito, o do coração, tal e qual como a mãe e o pai ensinaram... ❤❤
Beijinhos

✩ Instagram @claudiagoncalvesganhao

Enviar um comentário

Instagram

TODAS AS IMAGENS E CONTEÚDOS DESTE BLOG SÃO PROPRIEDADE DE CLÁUDIA GONÇALVES GANHÃO.
NÃO É PERMITIDO COPIAR OU UTILIZAR QUAISQUER CONTEÚDOS DESTE BLOG
PARA QUALQUER FINALIDADE SEM AUTORIZAÇÃO DA MESMA.
© Sunny November. Design by Fearne.