quarta-feira, 22 de março de 2017

Crónica | O dia em que perdi a meninice

Créditos Fotografia
Tinha 44 anos quando se tornou Avó e não ficou lá muito contente com o feito, achava que era muito nova para ser avó. As avós são velhas e ela aos 44 era uma mulher jovem e cheia de garra. 
Há 40 anos atrás era tudo diferente, uma gravidez não planeada, um casamento à pressa para tentar resolver o assunto, e a recém avó acolheu na sua casa o recém casal e o recém nascido e foi simultaneamente avó e mãe. Mãe de três, tinha a experiência e o desenrasque de lavar fraldas sujas, dar banhos e ajudar em todos os afazeres com o bebé, o que muito valeu à sua filha de 22 anos.

Era como se diz na gíria uma mulher de trabalho, não tinha medo de nada, não havia bicho que a assustasse, trabalhava de sol a sol, no campo, a cuidar do gado, a lavar roupa no rio, a limpar, a caiar os murros, a cavar o jardim ou a horta, fazia renda como ninguém.
Era forte, resistente, de fibra, os vários problemas de saúde que foi tendo ao longo da vida, e não foram poucos, sempre os derrotou.
Três filhos, cinco netos, dois netos adoptados e quatro bisnetos, 84 anos de vida, bem vividos, à desgarrada, entre gargalhadas, com boa comida e bom vinho, vaidosa, sempre bem arranjada e bem penteada.
Mas chegou a sua hora e com dignidade partiu, estava um magnífico dia de sol, com muita luz, porque não gostava de escuro e cumpriu-se a sua vontade, juntou-se ao Avô e poucos a viram depois de morta.

Eu fui a bebé que há 40 anos atrás a fez Avó e no dia que ela partiu, a minha última avó com vida, foi nesse dia que perdi para sempre a minha meninice, pois aos olhos e corações dos nossos avós nós somos sempre os seus meninos.
Saudades sim, mas com a certeza que valeu tudo a pena, que juntas partilhámos muitos momentos e o dom da vida! Obrigada.
❤ Instagram claudiagoncalvesganhao
❤ Facebook Sunny November


Enviar um comentário

Instagram

TODAS AS IMAGENS E CONTEÚDOS DESTE BLOG SÃO PROPRIEDADE DE CLÁUDIA GONÇALVES GANHÃO.
NÃO É PERMITIDO COPIAR OU UTILIZAR QUAISQUER CONTEÚDOS DESTE BLOG
PARA QUALQUER FINALIDADE SEM AUTORIZAÇÃO DA MESMA.
© Sunny November. Design by Fearne.