segunda-feira, 13 de março de 2017

E não somos todos deficientes?

"A única diferença entre vocês e eu é que vocês podem ver as minhas deficiências, mas eu não posso ver as vossas. Todos nós as temos."

Organização Mundial de Saúde (OMS) definiu deficiência como a ausência ou a disfunção de uma estrutura psíquicafisiológica ou anatómica. Posto isto: Não somos todos deficientes?
Todos conhecemos e sabemos as limitações e diferenças do nosso corpo ou da nossa mente, mas todos as disfarçamos, não contamos a ninguém e obviamente não as expomos.
Depois há deficiências que sendo visíveis são facilmente aceites e passam praticamente despercebidas na sociedade. Estou a lembrar-me, por exemplo, dos problemas de visão que são facilmente corrigidos pelo uso de óculos, ou então dos problemas ortodônticos que são corrigidos pelo uso de aparelho.
Há ainda as deficiências que são corrigidas pelas cirurgias, tratamentos e afins, e felizmente que muitas deficiências já podem ser corrigidas dessa forma.
E há as outras, aquelas que ninguém quer ver, ouvir ou falar delas, as que não se conseguem esconder ou disfarçar, as que não têm correcção. 

E muitos ainda acham que só estas últimas é que são deficiências, mas cabe-nos a todos ter a humildade de aceitar que não somos perfeitos, que ninguém é ou está livre de deficiências. É de extrema importância social e humana sermos conscientes desse facto e de não menor importância, aceitarmos e ajudarmos na inclusão de todas as deficiências na nossa sociedade, sem virarmos a cara, sem fingir que não vemos. 
Passar essa mensagem aos nossos filhos é crucial, por forma a tornarmos o mundo mais inclusivo e humano, para que ninguém se sinta mal por não conseguir "esconder" a sua deficiência porque somos todos deficientes!
Beijinhos 


❤ Instagram claudiagoncalvesganhao
❤ Facebook Sunny November




Enviar um comentário

Instagram

TODAS AS IMAGENS E CONTEÚDOS DESTE BLOG SÃO PROPRIEDADE DE CLÁUDIA GONÇALVES GANHÃO.
NÃO É PERMITIDO COPIAR OU UTILIZAR QUAISQUER CONTEÚDOS DESTE BLOG
PARA QUALQUER FINALIDADE SEM AUTORIZAÇÃO DA MESMA.
© Sunny November. Design by Fearne.