quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Dias cinzentos



Há dias muito cinzentos, em que a cor teima em entrar, em que o vazio teima em se encher, em que o coração teima em sossegar, em que o tempo teima em parar.




Eu não gosto desses dias, não gosto da inquietude que me trazem, do vazio que sinto, e ainda não aprendi a superar, a dar a volta por cima. Procuro em mim força e energia, procuro tranquilizar-me e acalmar, acalmar o coração e o tempo, mas o tempo ainda é meu inimigo, o tempo voa, corre e eu ainda não o sei parar, ainda não o sei saborear devagar. Corro com ele, vivo a correr, de sítio em sítio, de tarefa em tarefa, de afazer em afazer e não me sinto bem nessa pele. Há dias em que parece que vivo outra vida que não é minha, e que a minha me foge entre os dedos…


Recomeço, Reinvento, Renasço num caminho mais meu, num caminho mais tranquilo, mas adaptado e adequado ao que sinto e preciso, talvez assim os meus dias sejam menos cinzentos ou o meu estado de espírito me ensine a superar os dias cinzentos e viva na quietude de um coração sossegado.

* Foto daqui

Enviar um comentário

Instagram

TODAS AS IMAGENS E CONTEÚDOS DESTE BLOG SÃO PROPRIEDADE DE CLÁUDIA GONÇALVES GANHÃO.
NÃO É PERMITIDO COPIAR OU UTILIZAR QUAISQUER CONTEÚDOS DESTE BLOG
PARA QUALQUER FINALIDADE SEM AUTORIZAÇÃO DA MESMA.
© Sunny November. Design by Fearne.