quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Nenhuma mulher é uma ilha


A felicidade, a paz, a harmonia vem de dentro, do nosso coração, da nossa cabeça, da nossa serenidade, mas às vezes não chega porque nenhuma mulher é uma ilha!

Todas as mulheres precisam de ter a seu lado quem as ame, quem as elogie, quem as respeite, quem as apoie, quem lhe dê um abraço, quem converse com elas, quem lhes diga palavras de carinho, quem as beije, com quem façam amor.
Nenhuma mulher por mais forte, auto-motivada e resiliente consegue viver com alguém que não lhe tenha amor, com alguém que não assuma o papel de companheiro, de melhor amigo, de parceiro para a vida.
Nenhuma mulher é uma ilha, nenhuma mulher consegue sobreviver ao desprezo, ao desrespeito, ao desdém, ao deixa andar. Todas as mulheres merecem ser amadas, respeitadas, ouvidas, sentidas.
Nenhuma mulher é uma ilha para viver na tristeza, na dor, na mágoa, na competição, no desrespeito e ainda ser feliz, ser o porto seguro dos seus filhos, deixar a sua luz brilhar.
Nenhuma mulher deve viver com quem não se importa se ela está feliz, com quem não se importa com o que ela pensa, com quem não apoia os seus sonhos, com quem não está nem aí.

Nenhuma mulher é uma ilha e deve rodear-se de quem se importa, de quem a ame, de quem a respeite, de quem a ouve, de quem se ri com ela, de quem fala com ela, de quem a abrace.
Porque nenhuma mulher é uma ilha!

Enviar um comentário

Instagram

TODAS AS IMAGENS E CONTEÚDOS DESTE BLOG SÃO PROPRIEDADE DE CLÁUDIA GONÇALVES GANHÃO.
NÃO É PERMITIDO COPIAR OU UTILIZAR QUAISQUER CONTEÚDOS DESTE BLOG
PARA QUALQUER FINALIDADE SEM AUTORIZAÇÃO DA MESMA.
© Sunny November. Design by Fearne.